Uber, CoLiving e CoWorking. Como essas tendências estão mudando a forma como vivemos.



Coliving

O que o Uber, CoLiving e CoWorking tem em comum?

Empresas como a Uber mudaram nossa forma de consumir. A indústria automobilistica está de cabelos em pé com as mudanças comportamentais que a Economia Compartilhada está gerando nas novas gerações. O conceito consiste em deixar de possuir um carro e passar a usar o aplicativos de transporte compartilhados como alternativa no dia-a-dia. E se esse mesmo conceito pudesse ser replicado para nossas casas e escritórios? É o que propõem os CoLivings e CoWorkings.

Quero saber mais

Fortaleza já possui vários CoWorkings. Se alguem digitar “coworking em fortaleza” no Google, o buscador deve apresentar mais de 15 opçõesna capital. Isso comprova que o cearence já abraçou a idéia de compartilhar o espaço de trabalho, gerando mais interação e produtividade. Mas e quando esse conceito é proposto para a forma como moramos? Teremos aderência da população?

J.Simões Engenharia acredita que sim!

A empresa deve lançar ainda em 2019 o J.Smart, o primeiro SmartHome de Fortaleza. O empreendimento é baseado no conceito de CoLiving, onde as áreas privativas são reduzidas e as áreas compartilhadas ampliadas. Áreas como lavanderias compartilhadas, varandas compartilhadas, vestiários de serviço são apenas alguns dos itens propostos para o compartilhamento!

Quero mais informações

Menos áreas privativas. Mais áreas compartilhadas.

Já parou para pensar o quanto não usamos em nossos apartamentos?

Estudos baseados em mapas de calor demostram que as áreas mais utilizadas de um imóvel residencial são a cozinha, a suíte principal e o banheiro. Áreas como varanda, sala de estar e principalmente corredores se demonstram uma verdadeira perda de espaço e dinheiro.

A idéia por trás dos SmartHomes é reduzir a necessidade de áreas ineficientes, reduzindo o tamanho do apartamento (e o seu preço final) e compartilhando nas áreas comuns com seus vizinhos tudo aquilo que for ineficiente (e caro) de se manter sozinho.

O J.Smart Vicente Leite deverá ter em suas áreas compartilhadas: Sky Lounge, Rooftop Gourmet, Lavanderia Compartilhada, Academia Profissional, além de Vestiários de Serviço (que poderão ser usadas por diaristas, por exemplo)

Uma idéia que realmente parece inteligente e funcional, visto que pesquisas em anuncios pela internet, os apartamentos mais baratos encontratos na região da Aldeota e Meireles foi de R$550.000,00 (apartamentos novos ou em construção).

A proposta do J.Smart Vicente Leite é ter unidades a partir de R$299.900,00

Muita tecnologia embarcada para a Geração do Compartilhamento

O SmartHome é a versão residencial da sua SmartTV, seu SmartPhone e o seu SmartWatch: transforma itens usuais em “inteligentes”. Veja algumas diferenças entre esse novo conceito e um apartamento comum:

  • J.Smart Kiper App | Aplicativo de controle de acesso via QR Code

  • J.Smart Advisor App | Aplicativo de Serviços no sistema Pay-Per-Use

  • Fechadura Eletrônica J.Smart | Praticidade sem o uso de chaves

  • J.Smart Decora | Personalização e decoração via Internet

  • J.Smart Modular | Integrar apartamentos para adaptar a seu estilo de vida


Compartilhe esse conteúdo nas redes:

PUBLICIDADE Absoluto – Pronto para Morar

Leia Também

Tecnologia

Internet: como usar a internet para comprar imóvel

Usar a internet para comprar imóvel é uma das atividades mais realizadas pelos atuais consumidores. O próprio Google recentemente...
Sustentabilidade

Ideias para (re)utilizar em sua casa

Plásticos, cartões, vidros… A nossa pegada ecológica é gigante! “O que fazer a isto!”, “Já não tenho espaço, vou deitar...