Custos de condomínio: Como posso me preparar?



Economia

Os custos de condomínio são parte importante da decisão de morar em um apartamento.

Vantagens como área de lazer, vagas reservadas de garagem e gás encanado. Benefícios como segurança, privacidade e certas comodidades têm seu custo. Tudo isso faz parte dos custos de condomínio, além de outras despesas fixas e variáveis de manutenção, conservação e reparos no prédio e áreas comuns.

Pagando à vista ou comprando seu apartamento financiado, o valor do condomínio será um compromisso permanente enquanto você for o proprietário do imóvel.

Entenda direitinho a cobrança de condomínio e prepare-se para assumir essa despesa.

O que são os custos de condomínio?

A taxa condominial é composta por despesas relacionadas aos serviços essenciais para o condomínio.

Custos fixos

Segurança, contas de água e energia da área comum, limpeza e folha de pagamento dos funcionários, incluindo INSS, FGTS, décimo terceiro, férias, benefícios e rescisão, além de tributos como o Imposto Sobre Serviço (ISS), são parte dos custos fixos do condomínio.

A conservação do prédio e das áreas comuns representa outra parte das despesas com manutenção dos elevadores, pintura e manutenção da fachada, manutenção das caixas d´água, serviços de jardinagem, manutenção de equipamentos da área de lazer, como piscina, academia, quadra, manutenção de antenas e interfones.

Além dos custos relacionados à manutenção e conservação do condomínio, os custos administrativos também são incluídos na conta, tais como: despesas com seguros, gastos com contabilidade, cartório, tarifas bancárias, correio e insumos como material de escritório e produtos de limpeza.

Custos eventuais

Eventualmente, ocorrem despesas inesperadas, mas necessárias. Esses são alguns dos custos eventuais que podem acrescidos ao valor do condomínio: substituição de mobiliário quebrado em áreas comuns e reparos.

Benfeitorias

Outro tipo de despesa eventual são as benfeitorias, ou seja, mudanças no condomínio para melhorar e ou valorizar o uso do espaço coletivo e ampliar a conveniência dos condôminos. Instalação ou troca de sistema de controle de acesso é um exemplo comum de benfeitoria.

Custos variáveis

O Fundo de Reserva é um valor cobrado mensalmente sobre o custo total do condomínio, com percentual de 10%. A finalidade dessa taxa é garantir recursos para o condomínio em casos de reparos emergências. Ele varia conforme o valor do condomínio, mês a mês.

Como é calculado o valor do condomínio?

O valor do condomínio está diretamente ligado ao valor do metro quadrado, ou seja, varia de uma região para outra e de acordo com o tamanho do imóvel.

Os custos do condomínio são divididos pela fração ideal do solo, assim, o custo total é dividido entre os condôminos com variação entre os apartamentos de dois ou três dormitórios, por exemplo.

O valor do condomínio costuma ser determinado em Convenção de Condomínio e, quanto mais unidades no edifício e mais prédios no condomínio, mais baixo é o valor cobrado de cada apartamento.

Por que você deve pagar o condomínio?

Além de prover a conservação para funcionamento do prédio, o pagamento da taxa condominial garante ao condômino o exercício dos seus principais direitos, como o voto em assembleias gerais e extraordinárias do condomínio.

Como se planejar para os custos de condomínio?

Embora o valor do condomínio seja um compromisso financeiro perene, é possível se preparar para esse custo com um planejamento financeiro inteligente, em três passos:

  1. Como parte da decisão de compra do apartamento é preciso analisar a sua situação financeira e avaliar se o valor estimado do condomínio vai caber no orçamento familiar;
  1. Faça um planejamento financeiro para investir tudo o que conseguir poupar. Assim, você consegue criar uma reserva para honrar o pagamento do condomínio e outras despesas em momentos difíceis, como perda ou redução da renda familiar;
  1. Mantenha o controle do orçamento doméstico, para garantir que a entrada e saída de recursos financeiros sejam suficientes para arcar com todas as despesas mensais, sem aperto.

O valor condomínio faz parte de um apartamento. Os custos de condomínio devem ser percebidos como um investimento, já que é um valor pago com bastante contrapartida: tranquilidade, conforto, segurança etc.

Gostou desse artigo sobre como se preparar para os custos de condomínio?

E você, está pensando em comprar um apartamento?


Compartilhe esse conteúdo nas redes:

PUBLICIDADE Absoluto – Pronto para Morar

Leia Também

Mercado

Compra de um imóvel: Taxas que nem todo mundo conhece

Os custos de comprar um imóvel vão além da parcela de financiamento. Além de despesas de cartório para concretização da transação,...
Lazer

Vantagens de morar em condomínio com Pet Place

Você já ouviu falar em um condomínio com pet place? Essa é uma tendência que vem ganhando espaço no Brasil, e, além desse nome,...